terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Professores que tive, e seus perfis!


Bem, neste tópico venho falar mais sobre a personalidade de cada professor que eu tive, e as artimanhas para ter uma boa convivência com cada um. Primeiramente, deixo claro, que se você gosta de folia em sala de aula, ESQUEÇA ou vá se matricular numa particular. Dentro das aulas que tive, nenhuma virou bagunça. Claro que existem os momentos de descontração, como na aula do ilustríssimo Professor de Cálculo Armando (vice-presidente da Covest e um dos elaboradores da prova de matemática) ou até mesmo nas risadinhas alheias na aula de física por causa da.... humm... digamos DICÇÃO e tambem do engraçado jeito dela se PORTAR da professora sandra¹.

Depois de toda essa conversa, começo o "Tutorial para Cada disciplina."


  • Introdução à Engenharia: muito simples, chegue no auditório, se quiser assista as palestras, se quiser durma ou então converse baixinho para o palestrante não escutar, após a palestra, levante e assine a ata de presença e pronto! E fique muito atento aos avisos de seu riva
  • Introdução ao Desenho: Aula muito divertida, ministrada no meu caso pela professora Livia e a professora Fátima SIMULTANEAMENTE... isso mesmo, eu tinha 2 professoras que davam aulas juntas para a minha turma. A professora Livia Melo têm uma personalidade mais "forte" mas não deixa de ser muito boazinha e ajudar você a terminar seu desenho com as dicas "Spoilers" do que vai cair na prova. Por outro lado, a professora Fátima tem um gênio que eu compararia com minha vó do interior depois de ter tomado um sedativo. Muito paciente  e só não faz a prova pra você porque perceberiam o "traço profissional" na sua prova.
  • Cálculo I: Bom, eu tive aula com o melhor professor da área II (para saber o que é área II veja o post aqui) O exelentíssimo Professor Armando José Pessoa Cavalcanti, muito engraçado, ensina de um jeito irreverente, com alguns exemplos inusitados sobre o assunto (principalmente funções). Mas foi o mais rígido que eu tive, não a ponto de ser carrasco, mas o suficiente para manter a sala disciplinada. Para finalizar deixo aqui uma citação dele: "uma função é uma maquina, que transforma uma coisa em outra, você coloca uma coisa de um lado e esta mesma coisa sai transformada em outra do outro lado, por exemplo essa minha função aqui, transforma cabra em jacaré, eu não vou colocar uma cabra e obter mel-de-engenho do outro lado, só pde sair jacaré não mel-de-engenho."
  • Física I: Aulas ministradas pela Illma. Professora Ph.D Sandra Viana, uma engraçada senhora, que é engraçada sem querer, pois, ao meu ver, ela tem algumas sequelas após ter estudado tanto e feito Ph.D no MIT, com uma maneira engraçada de se vestir e falar, mas não deixa de ser uma boa professora, porém não consegui aprender o que deveria (ver post Física I)
  • Geometria Analítica: Assisti aulas em 2 turmas, primeiramente, e a maior parte, com o professor Tony, um gordinho punk-metal Sidney Magal, que anda de coturno tem uma tatoo de árvore na perna e toma coca-cola sem parar. Escreve bastante, BASTANTE MESMO, ele enchia uns 7 quadros completos nas aulas, além de tudo isso, ele ignora pessoas chatas, como um aluno cujo o nome é Davi não pode ser citado, que fazia perguntas sem parar mesmo já sabendo as respostas de alguma, que cara chato. Depois, na 3ª unidade eu não aguentava mais copiar do professor Tony e fiquei internado 2 dias com tendinite mortal aguda crônica após me recuperar, vi que era melhro assistir aula em outra sala, já que o professor tony não fazia chamada nem passava ata de presença, daí fui assistir as aulas do professor Adriano Pedroza um excelente professor, escreve bem devagarzinho da mesma forma que explica, porém eu estava acostumado com a frenética maneira de ensinar do professor Tony e não me acostumei com o jeito pacato do professor Adriano.
bem, é isso, preparem-se para ouvir muita palestra de engenharia cartgrafica mas não façam cartográfica

vejam o que Pedro de carga pesada diz a respeito de escolher Engenharia Cartográfica







Espero que tenham gostado e comentem!

21 comentários:

  1. O Leu você poderia me falar como eram suas notas em matemática física e química no ensino médio ?
    obrigado
    Post no comentário ou manda um i mail pra mim pois estou pensando em fazer engenharia civil
    Valeu
    thiago_0104@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Thiago, mandei um e-mail pra você cara

    ResponderExcluir
  3. Leu, pode mandar esse email pra mim tambem?
    começo engenharia civil em fevereiro, e se puder posta alguma coisa sobre algebra linear e sobre quimica, valeu
    mauricio_oliveira3@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. pra não ficar mando pra todo mundo vou postar o e-mail aqui
    ----------------------------------------------------
    É o seguinte, no ensino médio, nunca gostei de estudar sabe?

    já no oitava série comecei a NÃO GOSTAR de física, quimica e matemática. só gostava mesmo de biologia e filosofia, fui para a recuperação em todas as matérias pois eu jogava Tibia e o jogo tomava todo meu tempo.

    no segundo ano, mudei de escola e comecei a prestar mais atenção às aulas, e acabei gostando de um pouco de quimica e física. e passei por média em tudo, pois parei de jogar tibia. minhas notas não era nada extraordinárias, eu era aquele cara que ficava na média tipo 7,0/8,0/8.5

    no terceiro ano a mesma coisa, passei por média, mas desandei no vestibular e acabei não passando em Ciência da Computação.

    Após fazer cursinho pré-vestibular em 2008 fui aprovado em Engenharias pela UFPE, Fiquei em Primeiro lugar em Sistemas de Informação pela UPE, e passei também no Cefet para Análise de Sistemas. acabei optando pela UFPE.

    bom, é isso, espero ter ajudado cara, civil é uma boa engenharia, o campo de trabalho é muito amplo e promissor.

    FUI!
    Engenheiro Nerd LeU

    ResponderExcluir
  5. aí Leu... Eu tive essa mesma ideia de blog no início do ano passado. Mas como ainda não estava na facul criei o vestibolando.blogspot.com !!! Enfim, acho esse seu tipo de blog a melhor maneira de conhecer um curso.

    Passei na UPE (Civil) e tô esperando pelo resultado da UFPE (tb mando um salve pro ladrão do ENEM)...

    pergunta: Se eu tiver de escolher entre Federal e Upe, o que eu devo analisar na comparação ?

    ResponderExcluir
  6. RodrigoFreitas, é o seguinte, não conheço bem a UPE, não tenho conhecimento sobre os programas de incentivo ao aluno, recomendo que vocÊ analíse as criticas e recomendações de cada instituição. A UFPE tem vários programas de integração ao emprego e tem vários programas de intercambio internacional e dupla titulação (diploma da União Européia e do Brasil) muitos programas de incentivo ao aluno como a monitoria remunerada que não sei se a upe remunera tambem. enfim, só posso falar da ufpe, eu particularmente prefiro a instituição federal ao invés da estadual, na federal têm o 5° melhor departamento de física do mundo. E gosto bastante da estrutura de lá, nada que o pessoal fala que é, as cadeiras são todas novinhas, ar condicionado, professores num faltam, etc.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns Leu, Tô gostando muito do seu blog.

    ResponderExcluir
  8. eu tbm to adorando o seu blog...
    parabéns, e obrigada... realment ajuda muito.

    mas me diz, se eu tiver dúvidas posso perguntar sem medo d n ser respondida...

    lógicament n quero ser chata e aparecer perguntando coisas q jah sei; mas eventualment terei dúvidas...
    então...
    tem alguma matéria q eu deveria anotar minhas dúvidas para monitores ou n precisa d drama?

    ResponderExcluir
  9. qualquer dúvida é só perguntar, responderei o mais breve que puder.

    sobre as dúvidas, tire TODAS que você puder com os professores, eles sabem mais que os monitores lógico, mas.... se eles explicarem, re-explcarem e vocÊ não entender, daí você leva pros monitores. assista aulas de monitores diferentes para saber qual você se adapta melhor.

    ResponderExcluir
  10. Ei Leu, na UPE a monitoria não é remunerada, não! Também estou na dúvida... Passei na UPE em mecatrônica, e se não levar ponto de corte na prova *!@$#¨% de matemática, acho que dá pra passar na federal...
    Você já sabe qual engenharia você pretende cursar?
    Gostei muito do blog, LeU!
    Sim, e quanto aos horários... no primeiro período, como é que funciona a parte da manhã?
    E a monitoria? E os projetos de iniciação científica? Em que momento o aluno começa a participar dessas coisas?

    ResponderExcluir
  11. Talita, as monitorias, basta você já ter cursado as cadeiras delas, e passar por uma prova de seleção de monitores, cujo o edital é divulgado no quadro de avisos lá no prédio da coordenação da area II. Estou pensando em Eletrônica, eu preferiria mecatronica, ainda estou na dúvida, gosto muito de automação robótica, e pra mim achjo que o melhor é fazer ou mecânica ou mecatronica. A respeito dos horários, o primeiro período é todo pela manhã, no segundo, algumas aulas pela manhã e algumas pela tarde. iniciação científica acredito que a partir do 4 periodo seja possivel conseguir algum projeto, e tem vários projetos como o aeromodelismo que a partir do primeiro ou segundo periodo você já tem chance de participar da equipe, e tem o baja, que tambem pode participar em qualquer período basta ter força de vontade para entrar nos projetos. O mesmo vale para a empresa júnior, se esforçar e entrar não importa o período.

    ResponderExcluir
  12. "Estou pensando em Eletrônica, eu preferiria mecatrônica"... Isso foi meio confuso..! ^^
    O que é o Baja e empresa Jr?
    Sim, e, apesar de você não ter muito conhecimento a respeito da UPE, você já deve ter escutado comentários a respeito nesse meio, pontanto.. A seu ver, quais são as principais diferenças entre a UPE e a federal?

    ResponderExcluir
  13. baja é um projeto no qual os alunos constroem completamente um carro de corrida, e empresa júnior eu não sei muito bem, mas é tipo uma empresa que presta determinados serviços no qual, o aluno inserido no projeto tem conhecimento de como é a vida dentro de uma corporação, com todo aquele negocio de cooperação e liderança, etc. Eu não conheço a UPE, porisso não sei as diferenças, mas o que falam, é que a upe é mais rígida. mas não sei mesmo.

    ResponderExcluir
  14. Leu, continuo acompanhando o blog... Segue firme mano.:)
    depois de ler: "se não levar ponto de corte na prova *!@$#¨% de matemática", Tenho uma observação a fazer.
    Eu passei na Federal ano passado (2ºAno do ens.médio). E provavelmente(*) serei cortado por matemática esse ano. O legal é que eu era apto a acessar o CTG quando eu nem sabia o que era Elétrica, Quântica, Complexos,Eletrólise, etc etc etc... E esse ano depois de estudar como um desgraçado eu vou (*) levar ponto de corte.
    Se as mínimas chances de eu passar em 2010 forem alcançadas... Eu venho dar um alô aqui no EngNerd!

    Só um desabafo, pra constar. :D

    ResponderExcluir
  15. Rodrigo velho, não há nada com o que se preocupar ainda, escutei uns rumores de que a covest tirou o ponto de corte para o vestibular deste ano. vou levantar mais informações e posto aqui

    ResponderExcluir
  16. Outra duvida muito importante pra quem vai pode passar em CTG e passou na UPE

    Sobre o sistema de escolha de cursos, é muito concorrido as principais áreas (civil, mecânica, elétrica, química)? ou só aqueles vagabundos que não conseguem o curso desejado?

    Mais uma coisa, tem muita desistência do curso no primeiro ano?

    ResponderExcluir
  17. Armando, como eu disse, produção e química são os mais concorridos, os outros, dá pra entrar muito tranquilo, o terceiro lugar em 2009 foi mecânica, e entrou gente com média 1,3. os demais cursos todos sobraram vagas! E sim! há muita desistencia no primeiro ano, principalmente da galera que tá ali só pra jogar dominó!

    ResponderExcluir
  18. Cara... Se cancelarem o corte, eu ficarei muito aliviado.

    ResponderExcluir
  19. Você conhece alguma coisa da Eng. Cartográfica para afirmar alguma coisa acerca dela? Ignorância, meu caro, é um problema de muitos. Boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não conheço engenharia cartográfica, só 2 pessoas escolheram engenharia cartográfica em 2010.2, e um deles mudou pra engenharia civil... Sei que tem muita especulação sobre o curso e as promessas de ficar rico logo quando sair da UFPE... Mas não recomendo cartográfica pra ninguém que me peça uma opinião. Se perceber, escrevi esse post em Janeiro 2010, fazem 2 anos, minha mente mudou e muitas dessas coisas eu não escreveria hoje, mas enfim...

      Excluir
  20. Respeito sua opinião, apesar de ter quase certeza de que o motivo pelo qual você não recomenda é simplesmente por que não tem noção do universo acerca da Eng. Cartográfica.

    Só faço uma ressalva: as "especulações" não são irreais. O mercado é aquecido, inclusive para os alunos (experiência própria).

    Se quiser informações a respeito do curso (como você divulgou para os demais), ponho-me à inteira disposição.

    Peço desculpas pelo tom no comentário anterior, caso tenha sido interpretado como ofensivo (pelo lado pessoal).

    ResponderExcluir