terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Empresa israelense vai lançar "superDVD" de 1.000 Gigabytes

Ok, ainda de férias, sem muita coisa pra postar, li este artigo e achei interessantíssimo, esse é um dos exemplos de boa engenharia, aquela capaz de melhorar, desenvolver e fazer isso utilizando o mínimo de recursos possíveis.

O superDVD parece que virá pra ficar, e tomar o lugar do bluray, que não cumpriu o papel de boa engenharia e desenvolvimento... ok ok, o disco é bonito, azul, tem 50 GB mas... e o custo dele?

Fazendo uma rápida busca no mercadonegro Mercadolivre, vi que o preço das mídias mais "fubecas" varia entre 26~30 Reais, se formos para o mercado mais formal das americanas.com encontramos os discos de 25 GB por R$ 109,00 ABSURDO! E as de 50GB então... nada menos que R$ 204,00

Segue reportagem da Folha online sobre o novo disco.

A empresa israelense Mempile lançará no mercado, até 2011, superDVDs com capacidade de 1 Tbyte de armazenamento --aproximadamente 1.000 Gbytes. O TeraDisc é capaz de armazenar até 250 mil fotos em alta resolução ou arquivos MP3, 40 filmes longa-metragem em alta definição ou 115 filmes em qualidade DVD.

A tecnologia para armazenamento é desenvolvida a partir da transparência completa do disco, tanto antes quanto depois da gravação. Isso permite que o laser se mantenha em foco, mesmo quando há leituras através de camadas previamente gravadas.
Assim, um único TeraDisc pode ler e gravar 200 camadas virtuais, cada uma com capacidade de 5 Gbytes de armazenamento de dados, que podem ser acessados aleatoriamente.
O TeraDisc é composto de plástico monolítico simples, resistente e barato --o que significa que consumidores terão alta capacidade de armazenamento a baixo custo, com mais de 50 anos de tempo de vida útil.

Um comentário:

  1. to postando aki pq é mais facíl de tu ver por ser mias recente.
    Qria saber onde encontrar provas anteriores das especificas de engenharia. Qria estudar por elas. Tentei procurar pela net mas nem achei..¬¬
    Vlw

    ResponderExcluir